Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Música do Brasil

Música do Brasil

Cafe Republica lança EP instrumental surpresa como prévia de projetos futuros

 

A banda carioca Cafe Republica acaba de lançar seu mais novo trabalho, um EP “Interlúcido”. O novo lançamento é experimental, fruto de improvisações em estúdio e apresenta uma nova sonoridade para o quinteto. Segundo eles, é uma conexão entre o presente e o que eles vislumbram com o futuro, que não será instrumental.

Se nos trabalhos anteriores, a banda bebia de referências do psicodélico e do alternativo, o choque de influências surge logo na primeira faixa “Xa Manhntro Vhan”. A música começa com ecos primais, ritualísticos e termina com o som da chuva envolvendo a melodia, em uma mixagem que transporta o ouvinte para debaixo d’água. É lá que parece ter sido gravada a faixa seguinte, “Subaquática”.

As 5 primeiras músicas foram pensadas para trazer um instrumento em evidência por vez, dando destaque para a banda em todos os seus detalhes. Na última faixa, a mais próxima da sonoridade que eles buscaram nos dois EPs anteriores, a Cafe Republica aparece inteira em destaque. O compacto caminha entre o progressivo, o ambiente, o experimental e o noise como se fosse um grande estudo técnico do que os músicos conseguem fazer em estúdio.

Formada em 2011 por Octavio Peral (voz e guitarra), Anderson Ferreira (teclado e sintetizador), Ygor Big (guitarra), Carlos Juca Sodré (contrabaixo) e Barbanjo Reis (bateria), a banda tem 3 EPs lançados, dois deles lançados nesse ano. O futuro da Cafe Republica é focado no lançamento de um disco cheio em 2017 que deve se afastar da sonoridade de “Ludere Occultant”, seu trabalho anterior.

“Interlúcido” foi produzido pela banda e já está disponível nos meios de música digital. A mixagem é assinada por Barbanjo Reis e Cafe Republica e a masterização, por Sérgio Carvalho.

 

“Interlúcido”, por Cafe Republica

 

Eis aqui um disco incomum, resultado da experimentação. Uma marca em nossa trajetória que foge ao esperado pelos que nos acompanham ou já ao menos ouviram alguma música. A nós, também é clara a estranheza desse álbum. Seu processo de criação se desenhou de uma forma particular e por nós nunca antes experimentada. Tem um “quê” de projeto paralelo. Não fora planejado. A faísca geratriz da primeira faixa surgida não necessariamente corresponde ao vislumbre de um disco. Este florescera em seu próprio tempo. Muito se criou já no registro. Não houve um ensaio sequer. O improviso figurou como tônica do processo. Muito do que sutura essas seis faixas tem a ver com a inadequação destas ao conceito do próximo projeto a ser lançado. Nas experiências visando este trabalho futuro, nasceram os timbres, ritmos, harmonias e cores do Interlúcido. Este próximo, pensado para 2017, assim como o último Ludere Occultant, são as chaves para a apreensão deste disco, que a ambos se une, ao mesmo tempo em que os coliga. Nega ambos, porém os exalta em suas particularidades. É o anteparo lúcido que se interpõe entre os diferentes discos e momentos.  Não dita o futuro da Cafe Republica, mas corresponde a um sincero retrato desse instante. Pareceu-nos impossível lhe chamar por outro nome que não este. O interlúcido coliga a lucidez do que brilha com a do que se deixa atravessar pela luz. Suscita daí uma terceira lucidez, contraditória em si mesma: aquela que se dá a ver, ao mesmo tempo em que oculta a si própria. O duplo movimento é inevitável. A arte em sua essência faz chocar a inspiração da luz com a recepção dos iluminados, de modo a gerar inúmeras reflexões tal qual inúmeras são as subjetividades. A arte somente se concretiza quando nesse choque. No fundo, o brincar de esconder não é mais que extrapolar um ocultamento já presente. Ensaiar uma lucidez que pouco revele. Aqui pouco se ocultou. Interlúcido. Entre graus distintos de lucidez. O que pouco se mostra e o que se pretende ser lido às máximas.

 

Ouça Interlúcido:

 

Soundcloud:https://soundcloud.com/bandacaferepublica/sets/interlucido

Spotify: https://open.spotify.com/album/4jWhQm5udOrPa6Bue4JBI0

Deezer: http://www.deezer.com/album/15338661

Google Play: https://goo.gl/0AxfgP