Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Música do Brasil

Música do Brasil

Ana Carolina sai em lágrimas do Porto

Foi com uma sala cheia que Ana Carolina se emocionou, anteontem, sexta-feira, à noite, mais do que uma vez, no Coliseu do Porto, durante um espectáculo que assinala os 10 anos de carreira (que completou em 2009).

A brasileira, acompanhada por quatro excelentes músicos, encantou e deixou cantar, desafiou os músicos, primeiro com guitarra a tocar ao lado do guitarrista, e mais tarde com dois músicos de cada lado e ela no meio, num samba de pandeiros. E mostrou as suas potencialidades e versatilidade: tocou violão, piano, guitarra e pandeiro. Sempre muito expressiva, sentindo cada palavra que entoa e cada música que toca.

Começou com “10 minutos”, prosseguindo com “hoje eu tô sozinha”, temas bem conhecidos da assistência que a acompanhava e não se cansava de aplaudir. E ela agradeceu: “Boa noite! Que lindo! Que lindos! Muito obrigada por tudo. Cantem comigo”. E o público cantou.

Incendiou a plateia quando se sentou ao piano para interpretar “É isso aí”, um dos seus grandes sucessos, mas nem por Seu Jorge não estar presente o público esmoreceu.  Sempre a cantar, a bater palmas, ora sentado ora de braços no ar, ou em pé e a dançar, a sala vibrou. E Ana Carolina deixou o aviso: “acho que vou me mudar para o Porto”.

 Interpretou ainda alguns dos seus maiores sucessos como “Cabide” (“uma das músicas que mais gosto”, disse ela), ”Pra rua me levar”, “Rosas”, “Quem de nós dois”, “Entreolhares” e “8 histórias. E deixou a promessa de voltar em breve.

Ao fim de hora e meia de espectáculo, pediram o inevitável “bis” e ela regressou. Para terminar em beleza com mais um sucesso e sair a correr, emocionada.

 

Fonte: Jornal de Notícias

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.