Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Música do Brasil

Música do Brasil

"Esse é meu xodó", diz Alcione sobre seu novo disco

Cantora lança novo álbum com várias participações especiais

 

Com mais de 30 anos de carreira e mais de 30 discos gravados, Alcione lança mais um álbum, Acesa, e logo avisa no início da entrevista para o Terra: "Esse é o meu xodó".

 

Acesa, lançado em uma parceria da Sony Music com a Indie Records, inclui sambas como Eu Não Domino Essa Paixão, Quem Dera e Nair Grande. A cantora explica que o álbum serviu para dar espaço para algumas canções que não entraram em seu trabalho anterior. "O CD tem músicas que eu já tinha guardado e não queriam que elas se perdessem no outro disco", afirmou.

O novo álbum ainda conta com O Samba me Chamou (participação do grupo Revelação), Chutando o Balde (com Simoninha) e Eu Vou Pra Lapa, parte da trilha sonora de Caminho das Índias e um pedido da autora da novela. "A Glória Perez me pediu um samba para o núcleo da Lapa. Pedi a música para o Serginho Meiriti e Claudinho Guimarães e eles arrebentaram", disse.

Sobre as participações, Alcione não economizou elogios. "Minha irmã falou que quando ouviu essa música pensou no Simoninha cantando. Ela é muito antenada e ouve todo mundo", contou. "Pedi pra ele fazer o arranjo e a música ficou ótima. Liguei pra ele e disse 'preciso que você faça essa música comigo'", explicou.

Já sobre o grupo Revelação, que participa da canção O Samba Me Chamou, a cantora explica que vem acompanhado o trabalho dos jovens desde o início. "Eu dei uma intimida no pessoal do Revelação, essa música é a cara deles. É um grupo sério que trata o samba com muito carinho e respeito", afirmou.

Entusiasmada com o a cena atual da música brasileira, Alcione mostra sua empolgação com nomes de Diogo Nogueira e Maria Rita. "O Diogo Nogueira está ótimo, já está no DNA dele. Gravou até com o Chico Buarque agora. Além do Chico ser o que é, ele foi parceiro do pai dele e conheceu o Diogo quando era pequeninho", disse. "Gosto muito de Maria Rita cantando. Ela tem muito swing, muito do balanço da mãe dela cantando. O DNA fala alto. Nessa hora não tem jeito", completou.

"Tem muita gente fazendo coisa boa na nossa música. A juventude tem se interessado muito pelo samba, chorinho. A música brasileira é a mais bonita do mundo", explicou.

Escalada para cantar no Brazilian Day deste ano, marcado para acontecer em 6 de setembro, em Nova York, Alcione mostra sua expectativa para dividir o palco do evento com Elba Ramalho, Victor e Leo e Carlinhos Brown.

"Nunca cantei para mais de um milhão de pessoas. Estou com uma expectativa boa. Quero matar a saudade desses brasileiros que estiverem lá. Vai ter de tudo pra todo mundo", disse.
 

 

Fonte: Terra Música

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.