Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Música do Brasil

Música do Brasil

Martinho da Vila em concerto único no Coliseu Micaelense

Martinho da Vila estará a 19 de Julho no Coliseu Micaelense para um concerto único.

Trata-se de um espectáculo onde o músico brasileiro comemora todos os seus grandes sucessos de 40 Anos de Carreira, trabalhos que estão compilados no álbum “O pequeno burguês”, gravado em 2008 em espectáculos realizados no Rio de Janeiro e em São Paulo, nos quais Martinho da Vila vai desenrolando o percurso da sua vida e cantando temas antigos, êxitos de carreira.

Responsável por sucessos como “Devagar, Devagarinho” e “Mulheres”, Martinho da Vila iniciou a carreira artística no III Festival da Record, em 1967.

Volvidos dois anos, editou o primeiro álbum, “Martinho da Vila”, que serviu para revelar ao mundo a extensão do seu talento como compositor e músico.

Assume-se como um dos maiores vendedores de discos no Brasil, tendo sido o primeiro sambista a ultrapassar a marca de um milhão de cópias com o CD “Tá Delícia, Tá Gostoso”, lançado em 1995.

Ao longo destas quatro décadas, editou mais de quarenta discos e conquistou diversos prémios e títulos, nomeadamente os de Cidadão Carioca, Cidadão Benemérito do estado do Rio de Janeiro e Comendador da República em grau oficial. Na colecção de medalhas, guarda, entre outras, a famosa Pedro Ernesto e em 1991 ganhou o Prémio Shell de Música Popular Brasileira.

Internacionalmente conhecido como sambista, Martinho da Vila é, contudo, um legítimo representante da Música Popular Brasileira e compositor ecléctico, tendo trabalhado com o folclore e criado músicas dos mais variados ritmos brasileiros, tais como ciranda, samba de roda, capoeira, bossa nova, calango, samba-enredo e toada.
Para além de músico e compositor, Martinho da Vila é escritor, tendo criado a sua própria editora.

 

Fonte: Azores Digital