Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Música do Brasil

Música do Brasil

Entrevista com Mariana Aydar: Filha de peixe

Mariana Aydar traz o segundo álbum «Peixes, pássaros e pessoas» ao Centro Cultural de Belém naquele que é o seu primeiro concerto em Portugal. Em entrevista ao Disco Digital recordou a sua biografia.

 

É filha de duas pessoas ligadas à música (Mario Manga, do grupo Premê, e de Bia Aydar, produtora de diversos artistas brasileiros). Essa vivência foi importante na sua definição enquanto artista?
Foi fundamental. A minha vida sempre esteve relacionada com a música. Quando era mais nova, dormia nos camarins. Foi muito importante ter conhecido os bastidores. O meu pai mostrava-me muita música mas ser cantora nem sequer era um sonho. Foi uma coisa natural. Nem sequer posso dizer que a minha vida tenha mudado muito. Já viajava e ficava em hotéis. Sempre gostei disso. Agora é igual. Em palco ou atrás dele, continuo a ser a mesma.

Estudou violoncelo. A formação clássica foi importante?
Comecei a estudar violoncelo que tem muito a ver com a voz porque queria tocar instrumentos para poder cantar. Mas o mais importante é a sensibilidade. Nós ouvíamos muitos discos o que foi decisivo para a formação do meu gosto. A vivência é mais importante que a teoria.

Porquê «Peixes, pássaros e pessoas»?
É parte de uma letra. No fundo, é a relação de um homem moderno com o universo. O ser humano tem um lado divino que nem sempre usa. O bicho (leia-se animal) vive. o homem preocupa-se mais com a competição. Enquanto artista, posso libertar-me e tento usar essa energia o meu favor. Sou uma privilegiada e a música é uma forma de me sentir segura.

O que é que poderemos esperar do concerto no Centro Cultural de Belém?
É o último concerto da digressão. Vou tocar músicas do novo álbum, outras mais antigas e ainda alguns tradicionais como uma canção do Zeca Pagodinho e outra do Baden Powell. É engraçado porque é o meu primeiro concerto em Portugal apesar de ir aí muitas vezes. O meu avô é de Guimarães.

O que é que conhece de música portuguesa?
Conheço a Maria João e o Laginha. Gosto muito da Mariza. O fado chega muito ao Brasil. Agora, a Teresa Salgueiro também está a apostar no mercado brasileiro.

 

Fonte: Disco Digital

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.