Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Música do Brasil

Música do Brasil

Simone e Zélia Duncan, uma parceria de sucesso em Portugal, com o espetáculo “Amigo é Casa”

Simone e Zélia Duncan encantaram o público em Lisboa

 

Depois de percorreram várias capitais do Brasil com o espetáculo "Amigo é Casa", gravados em CD e DVD em 2008 pela Biscoito Fino, as cantoras brasileiras Simone e Zélia Duncan estiveram em Portugal. Por onde passaram o sucesso foi total, evidente, com as casas cheias de fãs, que receberam as artistas e curtiram os mais novos sucessos da dupla.

De acordo com depoimento de Zélia Duncan em entrevista, o trabalho é resultado do encontro que teve com Simone em 2005. Quanto ao título do álbum, foi retirado da canção homônima de Hermínio Bello de Carvalho e Capiba, que traz os versos "amigo é feito casa que se faz aos poucos e com paciência pra durar pra sempre". O concerto, considerado por ambas uma ode ao encontro e ao amor entre amigos, nunca foi explorado no meio artístico brasileiro.

 

Mais de duas mil pessoas acompanharam o show na capital portuguesa
 


A turnê teve início em Figueira da Foz e Porto. Por fim, na sexta-feira (6/3) as artistas despediram-se do público português com mais uma grande apresentação no Campo Pequeno, na capital "alfacinha" (leia-se lisboeta), perante uma plateia de quase 2.500 pessoas.

Os dois ícones da música popular brasileira subiram ao palco de mãos dadas e saudaram a todos com uma composição de Caetano Veloso, "Alguém Cantando". Ambas conduziram o espetáculo por quase duas horas para uma plateia bem descontraída, de nacionalidades heterogêneas, todos com um único objetivo: se divertirem ao som de duas grandes vozes amigas, que levaram alegria e descontração para todos. Em cada interpretação, a troca de carinho era explícita ao público, que correspondeu com ovações calorosas.

 

A dupla mostrou entrosamento no palco do Campo Pequeno


A noite teve momentos emocionantes. Um deles foi quando a carioca Zélia confessou seu amor à nação portuguesa e fez uma declaração à capital lusitana: "Lisboa é para mim meu Rio de Janeiro em Portugal". Fez sua apresentação solo, cantando "Kitnet" (Alzira E./Arruda) e "Cuide-se bem" (Guilherme Arantes). Fez também uma homenagem à amiga e parceira de palco, interpretando "Na próxima encarnação" (Itamar Assumpção). Em seguida, entrou Simone e ambas se abraçaram, mexendo com a emoção dos fãs, com alguns até chorando.

Os momentos especiais não pararam por aí. Simone, em solo, fez o público vibrar interpretando, entre outras, a música "Vou ficar nu pra chamar sua atenção", sucesso de autoria do rei Roberto Carlos e do parceiro Erasmo Carlos.

 

Simone e Zélia iniciaram o espetáculo com uma canção de Caetano Veloso


A dupla fez ainda uma homenagem à saudosa cantora Cássia Eller cantando "Gatas extraordinárias" (Caetano Veloso). Simone e Zélia Duncan despediram-se cantando, com o público de pé, "Encontros e despedidas" (Milton Nascimento e Fernando Brant) e "Ralador" (Roque Ferreira e Paulo César Pinheiro). Simone ora cantava, ora extraía som de um apito. Por fim, encerraram a noite jogando flores brancas à plateia, que agradeceu carinhosamente.

 

Fonte: IG Música