Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Música do Brasil

Música do Brasil

"Isso aí é pegar carona", diz Zezé sobre novos sertanejos

Zezé di Camargo e Luciano criticam postura de novas duplas

 

Lançando seu novo trabalho, chamado Zezé di Camargo e Luciano, na próxima semana, a consagrada dupla sertaneja atinge um novo marco na carreira, que já soma 26 milhões de álbuns vendidos. No entanto, os irmãos não se alegram com as novas ondas de duplas que surgiram nos últimos anos, que receberam o rótulo de "sertanejo universitário". "Isso aí é pegar carona", disse Zezé em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira, em São Paulo.

 

Para o cantor, que recentemente sofreu com um problema nas cordas vocais e quase ficou sem voz, as versões que algumas duplas reaproveitam de outros compositores são oportunistas.

"Você pegar e regravar uma música de um artista de 20 ou 30 anos atrás é uma coisa. Agora, você pegar uma música que foi sucesso com aquele artista, chegou a ser música de trabalho, menos de oito anos atrás. Aquilo não é tentar fazer sucesso, é pegar carona. Saber que quando vai tocar a primeira nota e o pessoal vai sair cantando", explica.

"Agora não pode falar que Zezé di Camargo e Luciano não cantam. Que eles são desafinados. Não pode tirar o mérito que a gente compõe. Se gostar ou não gostar, sou eu que faço. É diferente do cara pegar uma fórmula...". "Do chupim mesmo", interrompe enfaticamente Luciano.

Desta nova geração, uma única dupla que se safou das críticas de Zezé e Luciano. "Victor e Leo são de um talento extremo, compositores de verdade. Os outros não dá pra engolir. Tem gente cantando música e não gosta de sertanejo de verdade".

 

Fonte: Terra Música

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.