Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Música do Brasil

Música do Brasil

4ª Gala de Prémios Fundação Luso-Brasileira

 
No próximo dia 7 de Outubro, no Salão Preto e Prata do Casino do Estoril, terá lugar a 4ª Gala da Fundação Luso-Brasileira. A Gala contará com a participação musical das duplas luso-brasileiras de Carlos do Carmo & Ivan Lins, Rui Reininho & Sílvia Machete, António Zambujo & Roberta Sá e Mafalda Veiga & Celso Fonseca. Serão entregues os Prémios, que este ano homenageiam o Dr. José Manuel Durão Barroso, na categoria de Politica e Responsabilidade Social, a Dra. Vera Tostes e o Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro, na categoria de Cultura e Ciência, a Brisa, na categoria Empresarial e a jovem tenista portuguesa Michelle Brito na categoria Revelação.

 

Esta Gala terá o intuito de atribuir os prémios de Reconhecimento da Fundação, que este ano condecorarão o Dr. José Manuel Durão Barroso, na categoria de Politica e Responsabilidade Social, a Dra. Vera Tostes e o Museu Histórico Nacional do Rio de Janeiro, na categoria de Cultura e Ciência, a Brisa, na categoria Empresarial e a jovem tenista portuguesa Michelle Brito na categoria Revelação.
 
A cerimónia terá início com um cocktail no Du Art Garden, seguindo-se o jantar e espectáculo musical no Salão Preto e Prata.
 
A Gala, que será apresentada por Marta Leite Castro e José Carlos Malato, será gravada pela RTP e transmitida para todo o mundo através da RTP1, RTP África e Internacional. Será um espectáculo que contará com momentos musicais únicos, proporcionados por duplas inesperadas entre músicos portugueses e brasileiros.
 
Exemplo disso será o dueto entre Carlos do Carmo e Ivan Lins. O consagrado fadista, uma das vozes mais genuínas e populares do fado, autor de sucessos como “Os Putos” ou “Lisboa menina e Moça”, já vendeu mais de um milhão de discos e recebeu vários prémios e honrarias pela sua brilhante carreira. Junta-se, nesta Gala, a Ivan Lins, célebre compositor, cujo primeiro grande êxito foi “Madalena” gravado por Elis Regina. Desde então já foi gravado por inúmeros músicos brasileiros e estrangeiros desde Simone a Ella Fitzgerald ou Barbara Streisand, sendo mesmo nomeado para um Grammy. Como cantor destacou-se em 95 com o êxito “Lembra de mim”.
 
Outra dupla inédita será a de Rui Reininho e Sílvia Machete. O músico nortenho, vocalista dos GNR e responsável por êxitos como “Dunas” ou “Efectivamente” é um artista completo, não se limitando à música. Já teve várias participações em filmes, como actor, tendo também um livro editado e colaborando regularmente com diversos jornais. Viu o seu mérito reconhecido em 2005, ano em que foi agraciado com a Medalha de Mérito Cultural do Estado Português. No dia 7 de Outubro, actuará com Sílvia Machete, cantora que já foi artista de circo e delicia a audiência com as suas actuações irreverentes.
 
Um terceiro dueto será composto pelo fadista António Zambujo e por Roberta Sá. António Zambujo ganhou em 2006 o prémio Amália Rodrigues para melhor intérprete masculino e é já uma referência no fado português. Roberta Sá, por sua vez é uma jovem e talentosa cantora brasileira, plena de musicalidade, na qual se nota o orgulho pelas raízes e pela música popular brasileira. De tão genuínos os dois,  esta dupla só poderá ter um resultado brilhante.
 
Por fim, teremos um dueto entre Mafalda Veiga e Celso Fonseca. Mafalda dispensa apresentações, celebrizada pelos seus “Pássaros do Sul” em 1987, tem vindo desde então a somar sucessos durante estes já mais de 20 anos. É uma presença constante nas rádios portuguesas e integrou já várias bandas sonoras de telenovelas da TV Globo. Na Gala actuará com Celso Fonseca, músico e compositor, com uma carreira também de mais de 20 anos, foi o segundo artista brasileiro a gravar o programa "Later with Jools", pela BBC de Londres, um dos programas mais importantes de música em todo o mundo. Fez também várias colaborações com músicos internacionais, entre eles António Chainho.
 
Para fazer a entrega de prémios, estarão presentes os Coordenadores dos Conselhos Consultivos de cada Prémio: António Monteiro (Prémio Política e Responsabilidade Social), José Blanco (Prémio Cultura e Ciência), Miguel Horta e Costa (Prémio Empresarial) e Vasco Rocha Vieira (Prémio Revelação).
 
Os bilhetes para a 4ª Gala da Fundação Luso Brasileira estarão à venda na ticketline e têm o valor de 60 euros.

As receitas das vendas reverterão na integra para o projecto “Mulheres de Amanhã” da Fundação Gonçalo da Silveira.
 
Fonte: Fundação Luso-Brasileira

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.