Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Música do Brasil

Música do Brasil

Neiva lança clipe da faixa “Zen”

Felipe Neiva caminha por uma obra abandonada, algo entre o novo e a ruína, procurando a si mesmo no seu novo vídeo, “Zen”. O lançamento é o primeiro clipe oficial do “mEu EP ou À Vida e Seu Potencial Sarcástico Infinito”, seu mais recente trabalho. O vídeo foi dirigido pelo próprio artista em parceria com Jorge Polo.

 

“‘Zen’ foi a primeira música que gravei pra esse EP, então acho que inconscientemente o conceito que eu queria pra um clipe dela se desenhou primeiro na minha cabeça. De alguma forma, ela me deu um pouco as diretrizes do que seria o resto do trabalho. Ali eu me expunha enquanto letrista, de uma forma que nunca tinha tido coragem ou ambição antes”, explica Neiva.

 

Com forte cunho filosófico, a faixa é ousada em sua sonoridade, mais calma e distante do rock alternativo que marca o trabalho do artista niteroiense. O clipe foi realizado na ocupação realizada, recentemente, nas obras do que deveria ser a nova sede do Instituto de Artes e Comunicação Social da UFF. A fotografia é de Jorge Polo, que assina a montagem com Livia de Paiva.

 

“O intuito para o clipe era de me mostrar enquanto ser errante. ‘Errar’ significa tanto incorrer em erro, deslizar, como caminhar. E os dois significados me parecem bastante coerentes, já que acredito que só se anda/aprende/muda errando. É como se eu me pusesse, na letra da música, como um ser eternamente incerto, sem convicção das suas escolhas e que deixa que a incerteza seja a sua casa”, continua Neiva.

 

A inspiração para a música veio de leituras de Alan Watts, acerca do Zen-Budismo e de noções da arte e do cinema oriental, principalmente do filme “Cães errantes”, do malaio Tsai Ming-Liang.

 

“Ao final do clipe, me enxergo de fora, dentro da minha própria trajetória, dentro do meu próprio ‘erro’. No Budismo, não só na corrente do Zen, tem muito essa coisa da assunção. No Budismo de Nitiren Daishonin, é colocada para o indivíduo a responsabilidade por todas as suas escolhas que atrairão karmas positivos e negativos para si, o que foi algo que me influenciou bastante nos últimos anos e que mudou muito a minha vida, por mais que eu não me considere budista”, conclui Neiva.

 

“Zen” está no “mEu EP ou À Vida e Seu Potencial Sarcástico Infinito”, lançado pela Lixo Records. Assista o clipe: