Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Música do Brasil

Música do Brasil

Gal Costa na Casa da Música

Gal Costa na Casa da Música [texto + fotogaleria] -

Cantora brasileira serviu ontem um chá dançante em mais uma noite de celebração dos 20 anos da Rádio Nova, com apoio da Optimus.

 

Gal Costa esteve na Casa da Música para um concerto desde logo apresentado como intimista. Assim sendo, actuou só com o guitarrista Luiz Meira, preenchendo o concerto com clássicos da música brasileira - de João Gilberto, Tom Jobim, Caetano Veloso, Chico Buarque, Dorival Caymmi e Tim Maia, entre outros.

Tudo começou com "Minha Voz, Minha Vida", seguindo-se uma questão mais geográfica, com "Eu Vim da Bahia", tema de um baiano que levou o tropicalismo ao poder, Gilberto Gil. A seguir, Gal Costa mostrou por que razão estas coisas andam todas ligadas, e explicou que o facto de ser uma cantora moderna se deveu muito à bossa nova - veio então "Chega de Saudade".

Não se ficou por aqui quanto a bossa nova, que foi representada pelos imprescindíveis "Corcovado", "Desafinado" e " A Felicidade". Ela também não faltou, a famosa, a "Garota de Ipanema" (tendo sido mesmo assim que Gal Costa a apresentou). Foram temas a que o público não poderia deixar de corresponder, assim como correspondeu no medley internacional de "Coisa Mais Linda" com "As Time Goes By", no efusivo "Festa do Interior" ou na sequência "Samba do Grande Amor"/ "Vatapá". Uma hora depois, Gal Costa despedia-se.

Houve um encore, não só muito pedido como correspondido. Aqui a cantora desviou-se do alinhamento e aceitou três pedidos do público: "Índia", "Modinha Para Gabriela" e "Um Dia de Domingo". Deixou, entretanto, um segredo para a voz: um chá recomendado em tempos por uma camareira portuguesa e que também terá sido usado por Amália. Agora, "o chá faz parte do show", como disse numa das pausas para o tomar.

 

Fonte: Blitz