Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Música do Brasil

Música do Brasil

Delta Tejo: Cidinho e Doca

A desbunda «parapapapa»

 

O final do palco secundário, também denominado Santa Casa por ser patrocinado pela Misericórdia, coube a Cidinho & Doca, dois MC`s vindos directamente dos morros das favelas do Rio de Janeiro. Diga-se que não houve santidade em cima do palco.

Com Cidinho & Doca foi a loucura, literalmente a desbunda. As duas bailarinas que actuavam com eles dançavam de forma extremamente provocante, confundindo-se a sua dança com a simulação de cenas de sexo em cima do palco. Era para saber a diferença?

Os rappers não se contentaram só com elas e pediram a raparigas e rapazes da audiência para virem «ao papai». E vieram. A música de Cidinho & Doca foi escaldante a todos os níveis, deixando a libido à solta dentro e fora do palco. A dupla é famosa pela participação na banda sonora do filme «Tropa de Elite» e pelo seu tema «Rap das Armas», também conhecido pelo refrão Parapapapa. Foi esse o ritmo, que serviu de hino à actuação, que marcou, por exemplo, rimas transformadas num desfilar de palavrões, pelo menos debaixo da bandeira irmã, deste lado do Atlântico. Mas o povo gostou. E muito.

 

Fonte: IOL Música

 

 

-------------------------

 

 

E para nos sentirmos de vez numa noite quente do Brasil, bastava dar uma saltada ao palco secundário onde Cidinho & Doca lançavam palavras de ordem bastante ríspidas sobre o dia-a-dia do seu país, ao mesmo tempo que se rodeavam de bailarinas meio despidas a abanar as robustas ancas. Aos olhos dos portugueses, a dupla só evocará a memória da entrada fulgurante do BOPE na favela nos primeiros minutos do filme "Tropa de Elite", ao som de 'Rap das Armas', o tema mais esperado esta noite no palco secundário do Delta Tejo, mas a julgar pela repetição de todas as letras pelo público do seu país, Cidinho & Doca demonstraram que são um dos nomes do momento na electrónica de rua do Brasil.

 

Fonte: Cotonete