Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Música do Brasil

Música do Brasil

Marcelo Camelo edita «Sou» dia 26

O músico brasileiro Marcelo Camelo edita segunda-feira em Portugal o primeiro álbum a solo, «Sou», um «retrato do momento» feito com violão e descontracção num intervalo dos Los Hermanos.

 

Marcelo Camelo explicou que o álbum é uma declaração daquilo que foi compondo em 2008, numa altura em que os Los Hermanos, grupo que lidera, decretaram uma licença sabática.

«Nada foi intencional, fui fazendo tudo de uma forma relaxada, mais em casa», disse, sem querer dar explicações muito elaboradas sobre as suas músicas, alegando que elas se apresentam a si próprias, existem para serem escutadas.

Não é por acaso que o título do álbum tem uma dupla leitura. Pode ler- se «Sou» ou «Nós», a partir de um poema visual de Rodrigo Linares, o que significa que é em nome próprio, à margem dos Los Hermanos, mas não foi trabalhado a sós.

«Sou» apresenta 12 temas para voz e violão de Marcelo Camelo, mas conta com a participação de vários músicos convidados, como o baterista Domenico Lancelotti, o trompetista Rob Mazurek e a cantora Mallu Magalhães.
 

A toada de «Sou» é sobretudo acústica e espelha influências do pós-rock e da música popular brasileira, partilhando alguma da geografia musical dos Los Hermanos.

Destaque para «Doce solidão», «Téo e a gaivota», o samba «Copacabana», «Menina bordada» e «Santa Chuva», tema que Maria Rita se tinha apropriado num dos seus álbuns e que Marcelo Camelo interpreta com uma formação de cordas.

Marcelo Camelo apresentou algumas destas novas canções em Dezembro no Teatro Tivoli, em Lisboa, no festival Super Bock em Stock, acompanhado dos Hurtmold, que também tocam em «Sou».

Em Lisboa teve uma recepção aplaudida, mas discreta, comparando com a euforia dos concertos no Brasil, muito por culpa ainda do fenómeno Los Hermanos, considerada uma das mais importantes bandas pop-rock brasileiras da última década.

«É muito legal pode tocar em sítios assim [em Lisboa], é mais silencioso, é outro jeito de ouvir», disse.
 

Quando esteve em Lisboa em Dezembro, Marcelo Camelo passou pelo Bairro 6 de Maio, na Amadora, onde gravou com crianças um vídeo do tema «Doce solidão», que já contabilizou mais de 50 mil visualizações no Youtube.

Marcelo Camelo, que completa trinta anos em Fevereiro, é um dos compositores dos Hermanos, mas já muitos dos seus temas serem apropriados por nomes como Adriana Calcanhotto, Maria Rita, Ney Matogrosso e até o antigo Beatle George Harrisson.

«Sou» foi editado no Brasil pela Zé Pereira, uma editora independente criada por Marcelo Camelo e cujo nome transpira portugalidade ou não fosse o músico neto de portugueses.

Na verdade, Marcelo Camelo tem há três meses a nacionalidade portuguesa e não descarta a hipótese de um dia se mudar para este lado do Atlântico.
Por ora, Marcelo Camelo anda em digressão a apresentar «Sou» e fala-se ainda numa reunião dos Los Hermanos, em Março, para o Festival Just a Fest, no Brasil.

 

Fonte: Disco Digital